Santarém - Pará, 10/12/2019 , 17:29:02 - Boa tarde
 
Publicidade


Publicidade

O livro pode ser adquirido por sedex e solicitado a pe. Edilberto
Sena, edilrural@gmail.com ou pelo telefone 0055 93 35231066.

Pagamento via banco Bradesco agencia 0524 C/C 0033059 -0

Movimento social promete fazer protesto contra Programa Minha casa, Minha vida
31/1/2014

Trabalhadores da Empresa “Em Casa” passaram o dia de ontem (30) avaliando a obra que foi feita para drenar a água proveniente do terreno onde está sendo executado o programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) na Rodovia Fernando Guilhon.

Máquinas desobstruíram os tubos que passam por de baixo do asfaltado. A obra foi feita recentemente. Com a chuva que caiu na manhã de quarta-feira (29) sobre a região um grande volume de água ficou acumulado na parte mais baixa do terreno, alagando várias casas não habitadas.

A forte enxurrada desaguou no Lago do Juá levando para o leito barro e areia. O lago do Juá tem sido alvo de ações devastadoras depois que projetos habitacionais começaram a ser executados às margens da rodovia Fernando Guilhon.

Tanto o alagamento das casas, quanto o assoreamento do Lago tem deixado preocupado os integrantes do Movimento de Trabalhadores em Luta por Moradia – MTLM. Um das bandeiras de luta do movimento é a conquista de casas para as famílias que não tem onde morar, mas também faz parte dessa ação, a defesa do meio ambiente.

Durante a chuva que provou alagamento da obra, membros do movimento estiveram no local registrando a situação em fotos e vídeos. Esse material multimídia poderá ser usado para embasar as ações das entidades que lutam pelas causas sociais e ambientais.

Margarete Ferreira, coordenadora do MTLM, afirmou a nossa reportagem que o povo é convidado a se manifestar contra a forma como os programas/projetos estão impactando a natureza.

Hoje (31) as organizações contrárias ao modelo de desenvolvimento imposto para o município de Santarém estarão reunidas para definir quais ações devem ser tomadas para chamar a atenção das autoridades e da sociedade para o caos que está se implantando na cidade.

O Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) se propõe a subsidiar a aquisição da casa própria para famílias com renda até R$ 1.600,00 e facilitar as condições de acesso ao imóvel para famílias com renda até R$ 5 mil. Para isso, o governo federal disponibilizou, na segunda etapa do programa, um total de R$ 125,7 bilhões, entre subsídio e linhas de financiamento.

(Rádio Rural)

Rádio Rural - Todos os Direitos Reservados.

Publica Site: construção e publicação de sites em Santaém e Região Oeste do Pará


 

Para bem visualizar este site, atualize os navegadores